Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Apresentação

Fundação Instituto Gaúcho

de Tradição e Folclore

 

Em 1948 surge no Rio Grande do Sul a Comissão Estadual de Folclore liderada por Dante de Laytano, entre outros.  Em 1954 a Assembleia Legislativa aprova uma lei que reestrutura a Secretaria de Educação do Estado, criando a Divisão de Cultura e o Instituto de Tradição e Folclore – ITF – sob a direção do folclorista Carlos Galvão Krebs, e mais tarde, em 1965, o primeiro curso de graduação em folclore do Estado, conhecido como Escola Superior de Folclore, que tinha como objetivo a formação de professores do Ensino Básico.

O ITF dentro da Divisão de Cultura da Secretaria de Educação funcionou até aproximadamente 1969, quando no último ano do Governo de Euclides Triches foi criada, pelo Decreto n.º 23.613, de 27 de dezembro de 1974,  a  Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore.

Hoje a Fundação é vinculada à Secretaria de Estado da Cultura e atua na área da pesquisa e divulgação da cultura popular sulriograndense. Entre as suas finalidades destaca-se  o estudo do folclore, da cultura e da história do Estado.

De acordo com o seu estatuto, deve promover o estudo e divulgação da ciência do folclore, o intercâmbio com órgãos de atividades afins e a cultura popular. Como instituição poderá representar o Estado em assuntos pertinentes à cultura regional e prestar assessoria e serviços especializados. Para atender essa demanda, a FIGTF possui uma estrutura com setores distintos e profissionais especializados que atuam na preservação e difusão da nossa memória e da diversidade cultural gaúcha.

A Instituição é constituída pelo  Museu do Som Regional que disponibiliza um acervo de LPs, CDs e fitas VHS que conta a história da nossa música. A fundação tem ainda o Estúdio Cesar Passarinho,  destinado à gravação e digitalização desse  acervo e a produção de programas radiofônicos. A FIGTF possui o Núcleo de Pesquisa sobre a história e a cultura do Rio Grande do Sul, que  presta assessoria a pesquisadores,  participa de eventos ligados ao folclore, festivais e ao tradicionalismo gaúcho e publica obras relacionadas aos temas.

 

 


Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore    |     Desenvolvido pela PROCERGS