Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Tempos de carnaval no cotidiano dos Clubes Sociais Tabajara e Mocidade : etnografia das memórias dos habitantes negros de Encruzilhada do Sul

A dissertação de Daiana Hermann, Tempos de Carnaval no cotidiano dos clubes sociais Tabajara e Mocidade: etnografia das memórias dos habitantes negros de Encruzilhada do Sul, é um estudo antropológico, que segundo as palavras da autora, reflete sobre a construção e reelaboração da memória coletiva acerca dos espaços de  sociabilidade negra constituídos a partir do    [...] continue lendo.

AÇORIANOS: colonização e imigração

No artigo Colonização e Imigração, de Dante Laytano, publicado nos anais do IV Simpósio Nacional de Professores Universitários (ANPUH), em 1969, o autor faz uma breve revisão bibliográfica sobre o Colonização açoriana, indica as principais fontes de pesquisa disponíveis naquele momento e discorre sobre a história dos açorianos em território do Rio Grande do Sul.    [...] continue lendo.

O Conflito de 1923

O Conflito de 1923 Andréa Silva de Fraga Dilza Porto Gonçalves Giovanni Mesquita   O conflito de 1923 faz parte de mais um dos episódios de guerra, pelos quais os riograndenses ficaram reconhecidos por sua bravura e contestação política. Porém, se pode dizer que foi uma das guerras civis mais sangrentas de sua história, perdendo    [...] continue lendo.

100 ANOS DO PRIMEIRO DISCO GRAVADO EM PORTO ALEGRE E A CASA A ELECTRICA (1913-2013)

Cem anos atrás teve início na cidade de Porto Alegre a sua primeira gravação de disco fonográfico. Acontecimento que tornou a capital gaúcha uma das quatro cidades da América do Sul a gravar e produzir discos fonográficos (“chapas”), proporcionando-lhe destaque no ramo da produção musical. Link para a pesquisa:  História do Disco em Porto Alegre    [...] continue lendo.

Barbosa Lessa